Caos

Sobre a gente


Além de cantor e compositor de lindos sambas como este aí de cima – transposto com brilho para o clip de Gustavo Moura–, Romulo Fróes é também o mais articulado pensador da nova música brasileira. Não é à toa que a entrevista que ele deu ao Scream & Yell de Marcelo Costa e Tiago Agostini tem sido na última semana um dos posts mais comentados por quem se interessa pela música feita aqui. Nesta conversa de cinco horas, Romulo conta sua história, fala dos perrengues da cena contemporânea, desenha um panorama lúcido dos palcos e obras surgidos na última década, partilha da perplexidade por não encontrar seu lugar nem no nicho dos artistas cultuados nem na boca do povão, aponta deslizes, sugere soluções. Pela densidade e multiplicidade de temas, além da espantosa sinceridade, essa entrevista é um marco.

Quem ainda não debandou os ouvidos 100% para a gringolândia nem entregou os pontos pros Victor & Leo da vida que dê uma lida na matéria e entenda – como eu já havia sugerido nesta reportagem para a Trip ano passado – por que 2010 assiste a um dos melhores momentos da história da música brasileira. Lida num contexto maior, a entrevista não fala só de música: fala também de como toda arte brasileira chega ao público apesar do mercado – artes plásticas, cinema, literatura. Fala, sobretudo, sobre a gente – e uma guitarra solitária navegando um rio poluído não poderia ser imagem mais intrigante para radiografar nossa geração.

Um pensamento sobre “Sobre a gente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s