Cartum é literatura?

No novo episódio do Fluxo de Consciência temos pela primeira vez a presença de dois cartunistas: o mineiro Ricardo Coimbra e o carioca Bruno Maron

Amigos desde que se encontraram em São Paulo há alguns anos, os cartunistas Bruno Maron e Ricardo Coimbra são conhecidos por um humor especialmente vitriólico e por um texto sofisticado, às vezes tão extenso que muitas vezes ultrapassa os limites dos balões e dos recordatórios. Um humor que mira em especial os comportamentos da dita classe média ilustrada e refinada, multiculturalista e envergonhada de seu passado preconceituoso, e que por conta disso acaba paradoxalmente criando novos e vexaminosos preconceitos. Ou seja, um humor que se pretende micropolítico – que procura as ninharias e as mesquinharias do poder.

Fluxo de Consciência é uma produção da revista Pessoa e do estúdio Fluxo de jornalismo.

Aqui vai o programa inteiro.

Autor: rbressane

Writer, journalist, editor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s