Quebrando tudo aos 68

Encarte do álbum ContraBanda
Encarte do álbum ContraBanda

No carro a caminho da Barra da Tijuca, Nina Lemos e eu tecíamos teorias do tipo “o mundo é dividido em dois tipos de pessoas. Na entrevista das Páginas Vermelhas deste mês na nossa revista-irmã Tpm, Caetano Veloso parece representar um desses tipos com seu perturbador cerebralismo. Depois de lermos tudo sobre o Tremendão, soltamos uma eureka: “Acho que o mundo é dividido em erasmos e caetanos!”. Jornalistas neuróticos e sem padrão (e às vezes sem noção), seríamos exemplos de caetanos; mas e Erasmo Carlos, seria ele mesmo um erasmo?

> As Páginas Negras do Erasmo Carlos, que assinei com Nina Lemos, seguem aqui no site da Trip.

Autor: rbressane

Writer, journalist, editor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s