Não estou aí

Creio que estava à procura do que havia lido em On the road – buscando a cidade grande, buscando a velocidade, o som dela, buscando o que Allen Ginsberg havia chamado de “mundo jukebox de hidrogênio”.

Bob Dylan, Crônicas I

Bob encontra Allen em I’m not there, longa de Todd Haynes que conta a história de Dylan através de seis atores diferentes – o homem por trás dos ócuros escuros é Cate Blanchett. O filme levou o Leão de Prata em Veneza e vai passar no Festival do Rio

Autor: rbressane

Writer, journalist, editor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s