Jorge Mautner

por Bruna Beber

onde está você
que não está aqui
para florir o caos

onde está você que não está comigo
pra destilar a tempestade
em uísque num copo com gelo

me separar de você
é como cair
dos meus próprios galhos

&

eu queria ver você voltar
se equilibrando na linha do horizonte
gritando meu nome pela praia

oh
meu deus (da chuva e da morte)
como eu queria
(saber o que é viver de renda)

oh
meu deus (da chuva e da morte)
como eu queria
(ver você virar estátua)

&

te colocar na minha sala
pra não ter mais que conviver
com a sua ausência.

Autor: rbressane

Writer, journalist, editor

2 thoughts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s